domingo, 19 de julho de 2009

Catrela



Nome: Marta Figueroa
Cidade: Porto
Blog: catrela.blogspot.com
Flickr: www.flickr.com/photos/catrela




Como descreverias o teu trabalho?

No mundo dos crafts sou mais conhecida pelo meu trabalho de origami. Mas eu gosto de fazer muitas outras coisas: carimbos de borracha, desenhos, colagens, esculturas e algumas costuras.



Como é que tudo começou?

Sempre gostei de fazer artes manuais e de as usar para fazer presentes. O origami era também uma das coisas que fazia para oferecer. Entrei no mundo dos crafts e das feiras através do blog, que comecei em Dezembro de 2005. Em contacto com outras pessoas que também tinham blogs e faziam artesanato, acabei por ir a Lisboa participar numa feira e a partir daí e aos poucos as coisas foram evoluindo. Participei em mais feiras e comecei a vender alguns trabalhos em lojas e a fazer exposições.



Como escolheste o nome do teu projecto?

Catrela vem de quatre elle a Renault4L, que é o meu carro favorito. Comecei por usar o nome em e-mails e quando comecei o meu blog foi esse o nome que surgiu naturalmente.



Porquê fazer crafts? O que é que te motiva?

É algo que sinto necessidade de fazer. Deve fazer parte do meu código genético ;) Por vezes, o material e a situação mais improvável são o que mais me motiva, como fazer um desenho numa pétala de rosa, ou um origami com um pacote de açúcar, por exemplo. E gosto dos materiais e suportes com «história»: papéis manchados ou rasgados, lápis pequenos, canetas gastas…



Os crafts são um trabalho a tempo inteiro? O que ocupa os teus dias?

Não são habitualmente, mas ultimamente tenho tido muito tempo livre para eles.

De onde vem a inspiração para os teus trabalhos?

A inspiração vem dos materiais e da sua manipulação, das pessoas e coisas que vejo no dia-a-dia ou na internet.



Onde é que encontras os materiais para os teus projectos?

Nas papelarias, principalmente, mas também em retrosarias, lojas de coisas para a casa… E também tenho muito material que me foi oferecido.

De todo o processo de produção das tuas peças qual é a parte que mais te agrada?

Gosto do processo de criação, mas o que mais gosto é, assim que está terminado, mostrar aos outros e esperar os comentários ;)



Como é que divulgas o teu trabalho?

Essencialmente pela internet, mas também nas feiras e nas lojas. E através da família e amigos.

A internet tem um papel importante na divulgação do teu projecto?

Sim, tem muita importância.

O que achas da actual moda do artesanato urbano?

Acho que é bom, na medida em que o trabalho feito à mão e a peça única passaram a ser mais valorizados. Mas gostava mais quando ainda não era moda…



Que conselho darias a quem ainda anda à procura do seu próprio estilo nos trabalhos manuais?

Não sou muito boa a pôr-me na pele dos outros, mas comigo funciona assim. De vez em quando há ideias mais originais que surgem e não se sabe bem como… outras vezes é preciso procurar a inspiração. Cada vez há mais gente neste mundo criativo e com a internet estamos a uns poucos cliques de nos vermos. Acho que é importante ver os trabalhos dos outros e, numa primeira fase, até copiar, como processo de aprendizagem. Mas não podemos parar por aqui. Não podemos dizer que é nossa criação só porque o fizemos com as próprias mãos. Mas depois de termos tido essa experiência podemos tentar «dizê-la por próprias palavras» e assim, torná-la mais nossa. Transformá-la, até que seja algo de novo.



Podes partilhar alguns dos teus crafters favoritos?

O difícil é dizer só alguns… vou mencionar alguns dos que conheço pessoalmente (um critério como outro qualquer). A Rosa e a Ana, das primeiras e referência de tantos. O Ricardo, com as suas linhas de caneta e de agulha. A Tânia, que faz coisas deliciosas como o chocolate. A Graça e a Mariana, com objectos e sonhos de todas as cores. A Cilene, que recorta o feltro em mundos maravilhosos. A Sara, que desenha tão bem. A Carla, que faz flores de feltro docinhas. A Marta, que nos mostra a beleza das pequenas coisas. E a Natacha, com os seus animais bochechudos e a Rute, com as suas colagens de pedacinhos de amor, que não conheço pessoalmente. Ainda. Mas tinham de vir para esta lista.



Quais são os teus sonhos para o futuro?

Fazer uma vida crafty e viver disso ;)

8 comentários:

Marta Figueroa disse...

obrigada Elsa :D
beijinhos

WISHES&HEROS disse...

A Marta é única! Quem a conhece sabe que as mãos dela nunca param de criar, esteja onde esteja.

miosotiis disse...

Boa escolha para uma entrevista.

Já sei fazer origami! ;D

*

bacondog disse...

É a Marta dos papéis! Está tudo dito...
(Lambidelas do Bacon)

cilene disse...

Que lindo Martinha! Gostei muito de ler a entrevista e as fotos estão lindas...
Um beijinho muito grande para ti!!
***Ci

Carla M. disse...

Com que então "flores docinhas" ;-)
Gostei muito de te ler Martinha. E é mesmo como diz o Ricardo, quem te conhece sabe que és uma fonte inesgotável de imaginação e criatividade, porque simplesmente não páras de criar! Parabéns!

Beijinhos da R.

pombamarela disse...

Conheço há pouco tempo o trabalho da Marta, mas acho-o fabuloso

Sara Simões disse...

Obrigada pela referência aos meus desenhos! Sinto-me lisongeada! :)
Continua a fazer bunitezas.