domingo, 23 de agosto de 2009

Poeiras, Trapos e Farrapos



Nome: Marta Gama Mendes
Cidade: Braga
Blog: martapoeiras.blogspot.com
Loja online: www.etsy.com/shop.php?user_id=6996329
Flickr: www.flickr.com/photos/marta_mendes




Como descreverias o teu trabalho?

Como sendo parte de mim.



Como é que tudo começou?

Em criança, talvez. A fazer roupas para bonecas e a desenhar. Sempre tive necessidade de criar coisas.

Como escolheste o nome do teu projecto?

O nome poeiras estava associado a um site de fotografia que tinha antes de começar a fazer crafts, portanto a fotografia está na base de tudo. Poeiras porque sempre gostei da palavra, faz-me lembrar pó de estrelas e coisas mágicas. E todas as pequenas coisas do dia-a-dia que gosto de guardar. Trapos e farrapos por ser uma expressão popular.



Porquê fazer crafts? O que é que te motiva?

Não sei bem, gosto de ter projectos na cabeça, no papel e de vê-los prontos depois. A sensação de fazer nascer coisas das nossas mãos é indescritível.

Os crafts são um trabalho a tempo inteiro? O que ocupa os teus dias?

Não. Dizer o que ocupa os meus dias dava pano para mangas. Fiz uma licenciatura em Comunicação Social que me ensinou, sobretudo, a ser polivalente. Já trabalhei na minha área, mas desde que decidi deixar o país por uns tempos que não tenho profissão e faço mais ao menos o que me apetece. Há tantas coisas para aprender e tanta coisa para conhecer!



De onde vem a inspiração para os teus trabalhos?

A inspiração vem de tudo. E com tudo quero dizer mesmo tudo. Mas é claro que a natureza é a fonte principal para mim. Tento sempre fazer uma associação entre a peça e uma fotografia, seja ao nível da inspiração, da forma, da cor. Às vezes a peça nasce da foto, outras vezes a foto aparece depois, mas gosto sempre de compor as coisas desta forma.



Onde é que encontras os materiais para os teus projectos?

Uso tecidos, botões, linhas, feltro e, no início, era quase tudo oferecido. Recuperava coisas a que as pessoas não davam uso. Agora vou comprando, adoro encontrar botões e outras relíquias, são verdadeiros tesouros para mim.

De todo o processo de produção das tuas peças qual é a parte que mais te agrada?

A parte em que estou num sítio qualquer e tenho uma ideia e vou a correr escrevê-la. E a parte da criação, que é como uma terapia.



Como é que divulgas o teu trabalho?

Através do blog e do flickr, sobretudo. E em algumas lojas.

A internet tem um papel importante na divulgação do teu projecto?

A internet é o meio principal de divulgação.

O que achas da actual moda do artesanato urbano?

Quando comecei, há cerca de 5 anos, nunca pensei que as coisas atingissem estas proporções. Não levo nada demasiado a sério, acho que, se as pessoas se sentem bem a criar, isso deve ser uma coisa boa. É claro que se é uma moda vai passar, como todas as modas, e depois regressar, talvez, não sei. Acho que é muito bom retomar coisas que estavam quase perdidas nos nossos dias, como o tricot, o crochet, os bordados e tantas outras coisas e dar-lhes novos caminhos.



Que conselho darias a quem ainda anda à procura do seu próprio estilo nos trabalhos manuais?

Dar conselhos é complicado, mas acho que se fizermos as coisas porque elas nos saem genuinamente e porque gostamos do que fazemos, então estamos no bom caminho.



Podes partilhar alguns dos teus crafters favoritos?

Admiro o trabalho de muita gente, a lista seria grande!

Quais são os teus sonhos para o futuro?

Continuar a fotografar e a criar coisas. E, sobretudo, continuar a divertir-me com isso.

8 comentários:

Maria madeira | António rodrigues disse...

Fotografias fantásticas e um trabalho delicado, poético cheio de sensibilidade, gosto muito de passar no teu blog e flickr :)*

bacondog disse...

Bonitas imagens e bonitas palavras! É um gosto ver e ouvir quem faz destas coisas com simplicidade, divertimento e anti-vedetismo.
1 Xi

Marta Mendes disse...

obrigada Elsa pelo convite e pela entrevista!

obrigada maria e antónio, é bom ouvir :D

bacondog e bacongirls :D :D :D :D
é tudo o que tenho a dizer!

Faz de Conta disse...

Parabéns Marta!
Gostei muito de ler a entrevista.

Bjos :o)
Carla~*

miosotiis disse...

Ler-te é ouvir-te.

*

Elsa Fernandes disse...

Marta,
Eu é que agradeço que tenhas partilhado connosco um bocadinho de ti :)
Obrigado a todas pelos comentários. Voltem sempre :)**

pombamarela disse...

Gostei muito de ler esta entrevista da Marta, é engraçado ver como as plavras dela correspondem às imagens do flickr e do blog dela.

Marta Mendes disse...

obrigada a todas!