domingo, 1 de novembro de 2009

Isabel Rocha Leite



Nome: Isabel Rocha Leite
Cidade: Porto
Blog: pao-de-lo.blogspot.com
Flickr: www.flickr.com/photos/olhoblogdabila




Como descreverias o teu trabalho?

Feliz, alegre e gostava que fosse ainda mais trocista.



Como é que tudo começou?

Desenhar bonecada sempre fez parte de mim, mesmo quando entrei na António Arroio com ideias de ir para arquitectura. Quem me conhece sabe que isso seria impossível. Sou designer de moda, mas trabalhei sobretudo na área de ilustração (desenho de estampados, logótipos, passatempos para a Terra do Nunca, mascotes para museus, ilustração de livros infantis, etc.) durante bastante tempo. Daí até pegar num pincel e desatar a pintar foi um tiro, impulsionada pelo meu marido e pelo resto da família. As esculturas de papel surgiram só em 2007, na altura em que abri a loja Pão de Ló. Queria ter esculturas à venda... daí ter posto mãos à obra...



Como escolheste o nome do teu projecto?

Muita gente conhece-me por Bilá, nome dado pelo meu irmão Nuno quando éramos pequenos. A loja chama-se Pão de Ló por causa do papel de embrulho que uso, que é daquele antigo das pastelarias. Achei por isso que a loja tinha que ter nome de bolo e nada melhor que Pão de Ló!!



Porquê fazer crafts? O que é que te motiva?

O prazer de modificar, criar, fazer acontecer. Sempre fiz coisas à mão, mesmo antes de ganharem esse nome.

Os crafts são um trabalho a tempo inteiro? O que ocupa os teus dias?

Costumo dizer que sou mãe, e artista em part-time.



De onde vem a inspiração para os teus trabalhos?

De todas as experiências de vida que tenho tido: da vida em casa dos meus pais com os meus irmãos, com o Faruk e com o NSU cor de laranja; dos meus tios e padrinhos que sempre me aconchegaram; da vida com os meus tios e primos paternos, éramos imensos numa casa sempre cheia de festas, enorme e que continua a fazer parte dos meus sonhos; da vida na Parede até aos 19 anos; da vida da sociedade do Porto tão semelhante à da Parede; e por fim da vida aqui por casa com o marido e os três crianços.

Onde é que encontras os materiais para os teus projectos?

As telas e as tintas em lojas da especialidade. Para as Lídias [ foto abaixo ] reciclo muitos materiais, sobretudo listas telefónicas.



De todo o processo de produção das tuas peças qual é a parte que mais te agrada?

Nas pinturas o primeiro esboço, que é o mais genuíno e que nem sempre se mantém igual até ao fim, por várias razões.... No caso das Lídias, gosto quando começo a pintá-las e, aos poucos, despejo todos os pormenores que tenho em mente... fica o máximo!!



Como é que divulgas o teu trabalho?

Através da loja da Pão de Ló e da internet.

A internet tem um papel importante na divulgação do teu projecto?

Muito! Representa o meu maior volume de vendas.



O que achas da actual moda do artesanato urbano?

Já gostei mais. Acho que há muita falta de imaginação, as pessoas repetem-se muito. Muitos pensam que há sempre um artista escondido dentro de nós e toca a andar! Talvez seja também resultado da crise que atravessamos agora. Espero que as coisas acalmem no bom sentido.

Que conselho darias a quem ainda anda à procura do seu próprio estilo nos trabalhos manuais?

Para procurarem ser inovadores, criativos e se puderem juntar boa disposição (que é o que eu faço), tanto melhor :)



Podes partilhar alguns dos teus crafters favoritos?

Gosto muito do trabalho da Graça, que foi quem me empurrou para estas andanças, acho a Lu uma explosão autêntica em termos de criatividade, o Ricardo é arrumado, limpo e perfeito. Gosto das bonecas da Zai-Zai, do trabalho minucioso da Matilde, das Fadas e Princesas da Carla e de mais um montão de gente que agora não me vem à cabeça mas que estão no meu coração!!

Quais são os teus sonhos para o futuro?

É muito importante para mim ser reconhecida pelo trabalho que faço. Não tenho com isto pretensões de vedeta. Mas gostava de poder viver do produto do meu trabalho...

6 comentários:

Marta Peres disse...

Sou fã e já consumidora do trabalho da Isabel, descobri-a Há pouco tempo, através de uma das irmãs...e acho que o trabalho dela reflecte precisamente uma vivência de alegrias e putada pela inteligência.
Marta Peres

Coisas de Fazer disse...

Também gosto muito. Principalmente da Alegria e serenidade que todo o trabalho transmite. Não conheco a Isabel, mas imagino que ela deve ser assim.

cozyhandmade@gmail.com disse...

O trabalho da Isabel é divertido, vibrante e muito criativo!
Parabéns:)

aiaimatilde disse...

:) é tudo lindo isabel!!!! os teus trabalhos são fantásticos e tu de uma singular simpatia! Adorei conhecer-te pessoalmente e agora ler sobre ti!

WISHES&HEROS disse...

A Isabel é uma das pessoas mais enérgicas e para cima que conheço.
beijos

Graça Paz disse...

Ler sobre as pessoas que conhecemos á tantos anos é sempre interessante!Parabens estas mais adulta LOL!!!E obrigado pelo link tambem!um grande beijinho e continua ...