domingo, 11 de outubro de 2009

Beijos de Algodão



Nome: Sandra Nascimento
Cidade: Vila Nova de Gaia
Blog: beijos-de-algodao.blogspot.com
Loja online: beijos-de-algodao-loja.blogspot.com





Como descreverias o teu trabalho?

Adoro literatura infantil, contos de fadas e lendas encantadas. Assim sendo, as minhas aguarelas revelam mundos mágicos e singulares. As minhas ilustrações, inspiradas na natureza e nas diversas culturas, são únicas e ricamente detalhadas, plenas de texturas, padrões e cores alegres. É um trabalho minucioso e perfeccionista que requer muita dedicação e empenho.



Como é que tudo começou?

O prazer de desenhar e pintar começou na adolescência. Segui os estudos na área das Artes Visuais e licenciei-me em Design de Comunicação Visual pela Escola Superior de Artes e Design de Matosinhos. O desenho era uma das minhas disciplinas predilectas. Mas só há cinco anos é que a ilustração se tornou realmente uma paixão. Comecei a pintar para os filhotes dos meus amigos. Coloquei um pequeno portfólio num site internacional e comecei a ser contactada por empresas de vários países, entre elas a Imagezoo, um banco de imagens canadiano que só comercializa ilustração. Nessa altura, iniciei um sério e verdadeiro processo criativo desenvolvendo um estilo próprio que tento aperfeiçoar todos os dias. Algo que me distinga dos outros ilustradores.



Como escolheste o nome do teu projecto?

Quando eu e o meu Príncipe nos conhecemos, sempre que trocávamos emails, ele despedia-se com um beijo diferente. Adorei quando me enviou «beijos de algodão». Como este projecto especial só existe porque o meu Príncipe está ao meu lado, fazia todo o sentido chamar-lhe Beijos de Algodão. Desde Agosto de 2008 que é marca registada, uma tentativa (nem sempre conseguida) de proteger os meus direitos de autor.



Porquê fazer crafts? O que é que te motiva?

Durante 11 anos o computador foi o meu instrumento de trabalho na minha actividade de Designer de Comunicação Visual. O cansaço e a rotina levaram-me de volta aos lápis e aos pincéis. Este contacto com os materiais, a textura do papel, as cores brilhantes das aguarelas líquidas fascinam-me. A possibilidade de poder abordar temas que me agradam particularmente tornam todo o trabalho muito pessoal e emotivo. Algo que não conseguia obter no computador. É claro que este continua a ser um dos meus instrumentos, principalmente nas artes finais e preparação de planos para impressão. Mas a grande parte do tempo é passada a criar… no papel.

Os crafts são um trabalho a tempo inteiro?

A ilustração é a minha actividade a tempo inteiro desde Novembro de 2007. Durante cerca de dois anos consegui conciliar a ilustração (em casa) com o design (na empresa) mas o número de encomendas foi aumentando e tive de optar. Incentivada e apoiada pelo meu Príncipe escolhi o caminho mais difícil, troquei um emprego estável por algo totalmente incerto. Acho que valeu a pena. Agora tenho uma forma diferente de encarar a vida… vivo um dia de cada vez.



O que ocupa os teus dias?

A organização dos meus dias varia consoante o tipo de projecto. Posso estar dias seguidos a pintar; passar uma semana a tratar da produção de determinados materiais (cortar, dobrar, colar, inserir nos envelopes…); manhãs inteiras a responder a pedidos de informação; elaborar orçamentos; preparar encomendas para o envio por correio; verificar pagamentos e facturar; ir aos correios; visitar as lojas; divulgar, etc.. Para que tudo fique perfeito na data agendada, sem atrasos, preciso de me organizar e rentabilizar o tempo… que passa a correr!



De onde vem a inspiração para os teus trabalhos?

A inspiração aparece naturalmente no meu dia a dia: pode estar na natureza, numa música, num livro, num país, numa cultura… em todo o lado e em tudo o que me rodeia.

Onde é que encontras os materiais para os teus projectos?

Em papelarias e fornecedores de papéis.

De todo o processo de produção das tuas peças qual é a parte que mais te agrada?

Adoro perder-me nos detalhes!



Como é que divulgas o teu trabalho?

Através do blog Beijos de Algodão, do site internacional de portfolios Coroflot e das exposições que vou realizando. As lojas que comercializam os meus produtos são também outro meio importante de divulgação. E os amigos… que vão passando a palavra.

A internet tem um papel importante na divulgação do teu projecto?

É o meio mais eficaz, tendo em conta que 90% das encomendas são efectuadas através de email por pessoas anónimas de diversas zonas de Portugal (e outros países) que encontram o meu trabalho na internet.

O que achas da actual moda do artesanato urbano?

Não concordo com a designação artesanato urbano. Prefiro chamar-lhe artesanato contemporâneo e penso que é isso mesmo: uma «moda». Devemos estar atentos, saber seleccionar e valorizar os projectos que são realmente criativos, inovadores e com qualidade. São estes que irão sobreviver quando a «moda» passar.



Que conselho darias a quem ainda anda à procura do seu próprio estilo nos trabalhos manuais?

Devemos ter conhecimento e noção de tudo aquilo que já foi criado. Se gostamos de uma técnica ou material em particular, há que aprender a trabalhá-los e explorar todas as hipóteses que eles nos podem dar. Se nos empenharmos, o nosso próprio estilo acabará por se desenvolver naturalmente. Basta sermos nós próprios e passarmos as nossas características e valores para os projectos. Se cada pessoa é um ser único, também o seu trabalho será único.

Podes partilhar alguns dos teus crafters favoritos?

São muitos… e todos com trabalhos excelentes. É impossível fazer referência apenas a alguns.

Quais são os teus sonhos para o futuro?

Continuar a ilustrar e a criar mundos coloridos para partilhar com todos :)

5 comentários:

Coisas de Fazer disse...

Parabéns, sou seguidora dos Beijinhos de Algodão e adoro. Uma sugestão pq não transporma alguns dos seus magnificos padrões em tecidos? Ficariam espectaculares.

M. Céu Fernandes disse...

Olá.
Eu adoro os trabalhinhos da Sandra. São fantásticos!
Bjs e parabéns pela iniciativa.
M. Céu

pingaamor disse...

Olá!

Uma das melhores respostas que eu já li nas Vidas Crafty, PARABÉNS Sandra pelo teu maravilhoso trabalho.

Ana Jordão

mahese disse...

Olá Sandra!
Sou seguidora dos Beijinhos de Algodão e das Vidas Crafty, como já deve saber... adorei a entrevista...Parabéns pela sua simplicidade e pelos seus trabalhos!
Desejo uma boa continuação e muita inspiração para seus futuros projectos!
Bjs
Mahese

Elsa Fernandes disse...

Obrigado a todas pelos comentários tão simpáticos. Cada pedacinho dos Beijos de Algodão é mesmo uma delícia! :)