domingo, 9 de agosto de 2009

Kase-faz



Nome: Maria Madeira
Cidade: Porto
Blog: kase-faz.blogspot.com
Site: brevemente online
Loja online: kase-fazshop.blogspot.com
Flickr: www.flickr.com/photos/kase_faz




Como descreverias o teu trabalho?

Como uma ponte entre algumas técnicas tradicionais de manufactura artesanal e o desenho mais contemporâneo. Tento sempre incutir numa peça um cunho mais actual, através da cor, dos padrões dos tecidos e da temática do desenho, sem a preocupação de seguir tendências. E colocar a linguagem visual gráfica nas peças, como se em vez de bordar e costurar, estivesse a desenhar!

Embora siga uma metodologia na sua construção, as peças ganham muitas vezes vida própria desenhando-se a elas mesmas. Normalmente trabalho em várias ao mesmo tempo, não consigo focar-me só numa, deixando-as a «maturar» no estirador.



Como é que tudo começou?

Se pensar bem, há muitos anos. Desde pequena que desenhava e vestia as minhas bonecas. À vinda da escola passava com a minha irmã numa pequena fábrica de confecção, onde pedíamos restos de tecidos. A paixão por estes despertou aí.

Apesar do meu percurso académico ter passado pelas Artes Plásticas, o gosto pelos têxteis prevaleceu sempre. Em 2003 fiz uma boneca de pano à mão, daí até comprar a minha primeira máquina de costura foi um instante. Da primeira boneca às carteiras tudo aconteceu e evoluiu naturalmente.

As colagens recentes são uma consequência dos tecidos. São um patchwork feito com papéis que me dá muito prazer fazer!



Como escolheste o nome do teu projecto?

Este é um projecto a dois. O nome foi escolhido tendo como preocupação definir de forma simples as linhas orientadoras deste. A concepção, a execução, a divulgação e a comercialização são etapas exclusivamente da nossa responsabilidade, daí o «cá se faz». Por outro lado pretendíamos uma sonoridade de fácil memorização e uma grafia actual, do que resultou o «Kase-faz».



Porquê fazer crafts? O que é que te motiva?

O prazer que me dá transformar a matéria. O ser produtora e não consumidora. O racionalizar recursos, fazendo com que as peças perdurem no tempo pela sua qualidade e exclusividade. Que elas passem de mãe para filha, que não sirvam para usar e deitar fora. E, fundamentalmente, que sirvam a sua função como brinquedo e objecto do dia-a-dia no caso das carteiras. É para isso que trabalho, no sentido de me aperfeiçoar constantemente quando crio um produto.



Os crafts são um trabalho a tempo inteiro? O que ocupa os teus dias?

A tempo inteiro ainda não, embora tudo se esteja a construir no sentido de me dedicar brevemente a 100% a este projecto com a criação do nosso atelier! Neste momento a minha actividade profissional é o ensino.

De onde vem a inspiração para os teus trabalhos?

A inspiração vem essencialmente da natureza que me rodeia… porém hoje em dia somos constantemente assediados com informação, imagens. Tudo serve de inspiração… se olharmos com olhos de ver.



Onde é que encontras os materiais para os teus projectos?

Compro normalmente os tecidos online e no comércio tradicional mais antigo da cidade do Porto, onde ainda se fazem grandes achados. Tenho pena é que muitos produtos de origem portuguesa de qualidade indiscutível estejam a desaparecer por falta de procura.

De todo o processo de produção das tuas peças qual é a parte que mais te agrada?

Gosto do processo todo, desde a concepção, execução, até ao produto final. Ah e fotografar! Fazer brilhar as peças num bonito cenário! E dar aquele toque que torna a fotografia um momento único.



Como é que divulgas o teu trabalho?

Essencialmente pela internet e em duas lojas neste momento, a Design com texto e a Corações Habitados.

A internet tem um papel importante na divulgação do teu projecto?

Importantíssimo, foi através dela que este projecto cresceu e se deu a conhecer a um número crescente de pessoas que de outra forma não seria possível! O feedback tem sido muito positivo e estimulante!



O que achas da actual moda do artesanato urbano?

É uma moda da contra-corrente com muitas valências. Que vai passar naturalmente e que vai evoluir noutro sentido e no rescaldo deixar alguns bons nomes de referência.

Que conselho darias a quem ainda anda à procura do seu próprio estilo nos trabalhos manuais?

Que trabalhe muito, que olhe à sua volta, a inspiração às vezes está ali ao lado! Porque o fio condutor e uma linguagem própria num trabalho surge com pesquisa, experimentação… e com muito trabalho.



Podes partilhar alguns dos teus crafters favoritos?

São muitos! Há muita gente com trabalho que adoro! Referi-los a todos daria uma lista extensa!

Quais são os teus sonhos para o futuro?

Dedicar-me a este projecto a 100% e fazê-lo crescer de uma forma coerente e sólida.

11 comentários:

tons neutros disse...

Muito bom Maria!
Espero acompanhar-te sempre!
SaraMota

rita disse...

adoro o teu trabalho lindo e os pormenores sempre perfeitos de todas as peças que te saem das mãos!

buebau disse...

Uma das minhas artistas preferidas... Desde a originalidade, a criatividade, a perfeição de cada peça até à fotografia das peças é tudo simplesmente perfeito e mágico.
Muitos parabéns Maria! Espero que esse sonho se realize muito em breve.
Muito sucesso!

isabel f. disse...

adoro o trabalho da Helena!!
lindo! as malas são um amor!!
como sabes sou fã incondicional,
um beijo enorme e muito sucesso o que quer dizer....muito trabalho :DD
Isabel

Marta Mourão disse...

Lindo projecto, bem conseguido e sempre perfeito!

anapina disse...

Parabéns pelo lindo trabalho!
Gosto sobretudo das carteiras... difícil é escolher :)

sara aires disse...

KAse-faz e que bem que se faz! Um trabalho lindo e perfeito. Adoro!

elisa arnaud disse...

Acho que a melhor palavra para descrever o projecto Kase-faz é perfeição... a todos os níveis! Muitos parabéns e continuem este fantástico trabalho com muita energia.

Ana D. disse...

Falar da Kase-Faz, é sinónimo de originalidade e perfeição!
Se eu pudesse ser fada-madrinha,daquelas dos contos de fadas, a Maria e o António, seriam abençoados pela minha varinha mágica ^_^

Maria madeira | António rodrigues disse...

Muito obrigada a todas e à Elsa pelo convite! :)*****

Elsa Fernandes disse...

Obrigado a todas pela visita e parabéns à Maria pela excelente entrevista :)**